Tanto Faz



Chega em casa e abre as janelas para respirar lar puro. Lá fora a chuva a traz de gota em gota, banhando-o por inteiro de saudade. A enxurrada chega carregada de amores idos, formando grandes desilusões de ótica. Folheia o Reinaldo Morais emprestado para se desviar das curvas perigosas da mente. “Pensamento em linha reta, desnecessário usar seta”, lembra-se da frase que ouvira num bar indigente, em dia de sol intenso, quando se sentia tenso e só. “Ironia do destino é beber para passar o calor e pagar à custa do próprio suor”, lamenta um estivador a cultivar dor ao som de um velho vinil, cujos sulcos vão sendo costurados pela agulha impiedosa:

“Ela abandonou meu corpo
E deixou a minha alma nua
E foi-se rindo com seus dentes
A mastigar a minha carne crua”

Afasta o pensamento do bar e do cantor igualmente indigente e decide, no frio noturno, abrir um vinho barato, quiçá para regar amores caros – uns doces, outros secos. A cada gole, lembranças dançam em volta da taça, quase bêbadas de cirandar. Novamente folheia o Morais. “Desencana que a vida engana...”. E novamente lembra-se do bar e do estivador mequetrefe, que insiste em trilhar sonoramente seu caminho avinhado:

“Destino de pobre é a cana:
Ou se vai preso em grades de ferro
Ou na embriaguez caiana”.

Só então fecha os olhos para enxergar a vida mais clara, mas percebe que a escuridão geralmente costuma lhe dar um branco. “A cidade me excita todos os dias, como uma nova namorada”, lê no terceiro capítulo do livro. E resolve ouvir o silêncio da noite alta. “O dia força passagem pelas frestas da cortina. Fecho os olhos e ponho de novo um pé no sonho”, a frase salta da página – e ele já não sabe se é sono ou hora de acordar. “Quarto de escritor, oficina de solidão”, lê pela última vez no livro com cheiro de passado. E vai-se deitar com fantasmas que lhe povoam a cama...

  1. gravatar

    # by Paulinha Felix - 7:03 PM

    A linha que costura suas palavras é feita de perfeição...

  2. gravatar

    # by Rafaella Teixeira - 11:26 AM

    adoro a maneira "divertida" e sensata como se expressa..
    =*

    http://embaixodoscaracois.blogspot.com/

  3. gravatar

    # by Karla Patricia - 9:09 PM

    ADOREI...

    "Chega em casa e abre as janelas para respirar lar puro. Lá fora a chuva a traz de gota em gota, banhando-o por inteiro de saudade."

    Me identifiquei com esse trecho...não sei pq... :(